Como ganhar dinheiro vendendo legumes embalados?

Pinterest
Facebook
LinkedIn
Twitter

Se tem uma coisa que percebemos nesses últimos anos, foi o boom nos serviços de entrega, e nessa onda, a entrega de alimentos ganhou disparado, seja alimento pronto para consumo, ou produtos de mercado, ou feira.

E dentro da opção de produtos que vimos ganhar evidência, está a oferta de legumes embalados. Sim, e não só embalados, mas já prontos para o consumo.

Sim, estamos vivendo tempos de praticidade.

Por isso, se está em dúvida em que nicho apostar dentro do ramo da alimentação, considere ganhar dinheiro vendendo legumes embalados, você vai se surpreender com o resultado!

Com muitas pessoas ainda tendo que trabalhar de casa, de forma remota, elas estão sendo obrigadas à conciliarem o trabalho com toda a rotina doméstica, e tempo para isso?

Por isso, praticidade se tornou muito mais do que um luxo, mas uma necessidade dos dias atuais.

Assim, poder diminuir o tempo gasto com tarefas de casa é sempre muito bem-vindo. Nesse sentido, ponto para quem oferece serviços como venda de legumes e verduras embalados.

Acredite, existe uma enorme demanda por esse tipo de produto, por isso, vale a penas investir nesse campo enquanto outras pessoas ainda não se deram conta disso!

Até mesmo mercados e sacolões estão investindo nessa tendência de consumo, por isso, vale a pena investir nesse nicho.

Se interessou? Então, se prepare porque vamos lhe mostrar o caminho das pedras para você entrar nesse ramo e ganhar muito dinheiro vendendo legumes embalados!

Como produzir legumes e verduras embaladas?

Na verdade, essa atividade é tão simples que logo nos perguntamos: como ninguém pensou nisso antes?

Ela se resume em comprar verduras e legumes, higienizar, descascar (quando necessário), picar, colocar em uma embalagem de plástico transparente com tampa ou embalar a vácuo, ou simplesmente colocar em saquinhos transparentes.

Apesar de simples, no entanto, é preciso lembrar que estará lidando com alimentos, portanto, com a saúde das pessoas. Por isso, é preciso ficar muito atento à alguns detalhes no processo de produção dos legumes embalados para venda. Confira:

1 – Escolha muito bem o fornecedor de legumes e verduras

O primeiro passo, e decisivo para o seu sucesso, é pesquisar para escolher, muito bem,  o fornecedor dos legumes que irá vender, onde poderá sempre estar comprando e por um bom preço para revenda.

Importante: mais do que preço, você preciso considerar a qualidade dos produtos, precisam estar sempre em ótimos estado de conservação. Lembre-se que irá descascar, pica e embalar, sendo preciso conseguir vender dentro de  um prazo de 1 a 3 dias. Do contrário, seus produtos ficarão em condições ruins.

Vale saber que a maioria dos vendedores de legumes embalados costuma comprar direto na CEASA da própria cidade, comprando diretamente dos fornecedores, para poderem preparar tudo para venda.

2 – Conte com ajuda para preparar os legumes para venda

Certamente, não é impossível trabalhar sozinho vendendo os produtos embalados, mas ficará muito sobrecarregado, sobrando pouco tempo para pensar em estratégias e ampliar a oferta.

Considere que além de sair para comprar os produtos, ainda precisará higienizá-los, cortá-los, embalá-los e, enfim, verde-los e entregá-los.

Por isso, a dica é contar com a ajuda de alguém para preparar os produtos, enquanto você sai para a venda dos que já foram preparados.

Uma dica é ter um dia para agendamentos e um específico para entregas, podendo ampliá-los conforme a demanda.

Quem trabalha sozinho nesse negócio, e vende para mercados ou restaurantes, costuma preparar os legumes durante a noite e sair durante o dia para vender.

3 – Não descuide da higiene

Sem dúvida, uma das coisas mais importantes nesse processo é a higiene, tanto dos produtos quanto no processo de preparo, propriamente dito. É fundamental, e decisivo para o sucesso do negócio, entregar um produto de qualidade para seus clientes, demonstrando o máximo de cuidado, afinal, se trata de alimentos.

Então, lave todos os legumes antes de tudo, utilize luvas para manusear, use embalagens limpas e de qualidade, tenha um ambiente limpo para trabalhar e outros detalhes do tipo. Acredite, são detalhes simples, mas que contam muito para seu sucesso nesse ramo.

Como vender legumes picados e embalados?

Pronto, chegamos na parte decisiva do negócio, de como comercializar seus produtos no mercado e buscar o seu público alvo que, geralmente, são pessoas que não tem muito tempo para preparar seus legumes do zero.

Em barraquinhas em ruas e feiras

Muitos vendedores de legumes começam montando uma barraquinha na rua, de preferência, onde tenha bastante circulação de pessoas, geralmente, são feiras de bairros.

Certamente, essa forma de venda não impede que invista em outras estratégias, porém, geralmente, ela funciona muito bem.

Quem não quer praticidade? Se ela vier junto com qualidade e preço acessível, com certeza, seus produtos irão fazer sucesso. Nem é preciso dizer que os legumes picados são uma comodidade para as pessoas, por isso, são fáceis de vender.

Por outro lado, quem preferir essa forma de venda, em feiras, ou barraquinhas nas ruas, deve procurar vender os legumes no mesmo dia, já que passarão o dia em temperatura ambiente, muitas vezes até, sob altas temperaturas.

Fornecer para supermercados e sacolões

Muitos estabelecimentos comerciais, como mercados e até sacolões, já perceberam  que legumes embalados vendem bem e, por isso, se interessam em oferecer esse tipo de comodidade para seus clientes, por outro lado, não querem contratar pessoas para fazer todo esse processo de seleção e preparo dos legumes, sendo mais vantajoso até comprar já embalados.

Portanto, vender para alguns mercados ou minimercados pode ser uma boa solução para você, embora seu lucro por venda, provavelmente, não será tão expressivo, já que terá que fazer um preço melhor para que possam ser revendidos, nesse caso, a quantidade é que poderá garantir bom retorno.

Vender para restaurantes

Muitos restaurantes precisam garantir a produtividade, e nessa hora contar com a praticidade dos legumes já picados pode fazer toda a diferença no dia a dia de qualquer estabelecimento.

Por isso, vale a pena colocar os restaurantes em sua lista de possíveis clientes, ou mesmo, pessoas que trabalham com grande produção de marmitas, elas podem se interessar pela praticidade que envolve o seu produto.

Investir em delivery

Por último, mas nem por isso menos interessante, muito pelo contrário, muitos que trabalham com legumes embalados só focam nas vendas online.

Não é de hoje que o delivery vem roubando a cena, embora devido à pandemia esse tipo de facilidade tenha crescido enormemente.

O fato é que as vendas online podem ser tão lucrativas que acaba nem sobrando tempo para investir em outras modalidades.

Porém, para que esse tipo de venda dê resultado, a pessoa precisa investir nas redes sociais, criando uma página e divulgando o seu serviço.

Se fizer uma pesquisa no Instagram, por exemplo, vai descobrir que essa virou a forma que muitos que investem nesse nicho vêm ganhando dinheiro, com ótimos resultados.

Para isso, basta caprichar na página, promovê-la (é super baratinho), postar imagens bonitas, oferecer conteúdo atrativo, de preferência, receitas que podem ser feitas com seus produtos e, acredite, o sucesso e os clientes chegarão até você.

Vale até fazer um vídeo mostrando seu processo de produção, para as pessoas poderem ver que você trabalha com higiene e oferece um serviço seguro e de qualidade.

No mais, para uma maior organização, procure estabelecer datas para pedidos e entregas, de acordo com as regiões na qual pretende atuar.

Dicas para trabalhar com legumes picados e embalados

Pronto, agora que já sabe que esse é um negócio que pode ser bem rentável e onde pode atuar, chegou a hora de considerar alguns detalhes, alguns fundamentais para que tenha sucesso nesse ramo e aumente suas vendas:

  • Legalize o negócio: para evitar problemas futuros, até na hora de fechar negócio com empresas, ou mesmo, evitar problemas com fiscais da prefeitura e vigilância sanitária, é fundamental trabalhar com tudo legalizado desde o inicio. Uma dica é procurar orientação do SEBRAE ou, até mesmo, de um contador, saber como o seu negócio poderá se enquadrar.
  • Utilize etiquetas: mostrar organização e capricho podem fazer toda a diferença junto aos clientes, no mais, utilizar etiquetas nas embalagens mostrará profissionalismo, devendo colocar o nome do seu negócio, contato, data de validade do produto, entre outras informações.
  • Divulgue seus produtos: hoje as redes sociais são ótimas aliadas na hora de divulgar produtos ou serviços, sem dúvida, ficou muito mais fácil, e barato, divulgar produtos e atingir um público maior, e altamente interessado em comprar. Por isso, use a abuse das redes sociais, mas, com sabedoria. Ofereça postagens atrativas, não apenas informando preços, para que o público não acabe deixando de lhe seguir.
  • Colete feedbacks dos clientes:é muito importante na hora de saber se o seu trabalho está agradando e oferecendo o que o público quer receber, sem dúvida, é uma ótima forma de avaliar o nível de satisfação deles em relação ao seu serviço ou produto.
  • Facilite o contato: mesmo possuindo uma página nas redes sociais ou um site, facilite ao máximo o contato com o seu cliente, como a possibilidade de pedir pelo whatsapp.
  • Facilidade de pagamento: ofereça formas variadas de pagamento, inclusive pela internet. Acredite, quanto mais possibilidades disponibilizar, mais chances terá em absorver mais clientes.

Afinal, vender legumes embalados dá dinheiro?

A resposta é SIM! É possível ganhar dinheiro vendendo legumes embalados, e sabendo trabalhar, com higiene, qualidade, bom preço e dedicação, poderá transformar isso em um grande negócio.

E as várias marcas existem no mercado que só trabalham com produtos embalados à vácuo é a prova de que esse pode ser um negócio super rentável.

Se optar por vender só na rua, em um local bastante movimentado, ou em feiras, é possível faturar R$ 5 mil Reais por mês com sua barraquinha, com uma margem de lucro costuma ser de até 50% do valor faturado. Ou seja, se faturar R$ 5 mil Reais por mês, poderá ter até R$ 2500 Reais de lucro no pequeno negócio.

Porém, os lucros podem ser ainda maiores se quiser, paralelo a isso, vender para restaurantes e sacolões, e ainda bem maiores, se apostar no delivery.

Vale saber que muitos acabam decidindo investir só em vendas online, com ganhos bem acima dos demais, porém, claro, nesse caso, precisa apostar em estratégias de marketing, como as já abordadas acima, tendo as redes sociais como grandes aliadas.

Enfim, vender legumes embalados pode dar muito dinheiro sim, mas desde que haja dedicação e seriedade. Por exemplo, vale começar apostando na qualidade, criando uma marca e fazendo um bom trabalho de divulgação, consequentemente, os resultados vão aparecer.

Vale a pena iniciar um negócio de legumes embalados?

Então, a pergunta que fica é: será que vale a pena vender legumes embalados?

Diante de tantos casos de sucesso nesse nicho, com certeza, podemos responder sem medo de errar que, sim, e inclusive, em pouco tempo pode ser transformar em um grande negócio.

Certamente, quem já trabalha com vendas, quem sabe trabalhar as redes sociais, por exemplo, já levam algum tipo de vantagem comparado aos demais, mas mesmo que esteja começando agora dentro do ramo, se você se identifica com o mercado de produtos alimentícios e quer fazer algo diferente, com certeza, esse negócio pode dar muito certo sim, e em muito pouco tempo.

No mais, é preciso considerar que estará trabalhando com algo saudável, ou seja, contribuindo para a qualidade de vida das pessoas.

Quanta gente sonha em levar uma vida mais saudável, gostaria de poder ter uma alimentação mais rica no dia a dia, mas a vida, cada vez mais corrida, não permite? É preciso encarar seu trabalho como uma forma de facilitar isso às pessoas. E mais ainda, fazer com que elas acreditem nisso!

Ou seja, de uma certa forma, ao oferecer essa facilidade, você está contribuindo para a qualidade de vida dos seus clientes, garantindo praticidade na hora de preparar seus alimentos.

E é com esse pensamento que você deve encarar seu trabalho, criar sua marca, montar sua página, enfim, como um serviço que promete ajudar as pessoas a se alimentarem de uma forma mais saudável e prática.

E é isso, agora é aproveitar essas dicas, colocá-las em prática que, com certeza, em breve será mais um caso de sucesso!

Você quer aprender a trabalhar Home Office?

Receba os melhores conteúdos sobre Renda Extra, Dicas para Economizar, Empreendedorismo, Marketing e muito mais, diretamente em seu e-mail.

Pinterest
Facebook
LinkedIn
Twitter
Mariano Stacieski

Mariano Stacieski

Olá! Sou o Mariano, Empreendedor, Administrador, Corretor de Imóveis (fui) e Profissional de Marketing. Trabalho em tempo integral em casa (home-office) ajudando meus clientes a se posicionarem de forma profissional na internet. Fiz esse blog aqui porque gosto de compartilhar minha jornada e minhas ideias referentes a finanças, empreendedorismo e marketing.

Deixe um comentário

Sobre Mim

1798079_10152603160913916_647557915_n - Copia
Olá! Sou o Mariano, Empreendedor, Administrador, Corretor de Imóveis (fui) e Profissional de Marketing. Trabalho em tempo integral em casa (home-office) ajudando meus clientes a se posicionarem de forma profissional na internet. Fiz esse blog aqui porque gosto de compartilhar minha jornada e minhas ideias referentes a finanças, empreendedorismo e marketing. Quando não estou trabalhando, estou com minha esposa ou correndo ou jogando tênis ou escrevendo no meu outro blog ocaradohomeoffice.com.br ou aqui.

Últimos Posts

Conteúdo Recente

cosmeticos-

Como Ganhar Dinheiro Vendendo Cosméticos

Está desempregada? Gosta de cosméticos? Já pensou em ganhar dinheiro vendendo cosméticos? Pois saiba que tem muita gente conseguindo uma boa renda só com a …

Continue Lendo →
boticário

Como ser uma Revendedora do Boticário e Ganhar Dinheiro

Está sem trabalho e a grana está curta? Já pensou em pegar algum produto para revender? E se esse produto fosse de O Boticário? Se …

Continue Lendo →