Como Ganhar Dinheiro com um Brechó Online

Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no twitter
Twitter

Está sem emprego e sem renda? Quer uma forma de ganhar dinheiro sem precisar investir muito, ou nada? Então, que tal considerar montar um brechó online?

Consumo consciente, sustentável, inteligente, moderno, enfim… são só algumas das vantagens oferecidas pelas compras em brechós.

Vale saber que, com a pandemia, a geração Y (nativos digitais, os millennials, nascidos entre 1982 e 1994) e geração e Z (centenials, vieram ao mundo em plena mudança de século), se fortaleceram, aumentando a procura por peças de segunda mão, consolidando o consumo sustentável.

Ou seja, se antes, o consumo mais consciente já era tendência, com a pandemia  as peças de segunda mão viraram status, e claro, com isso, os brechós viraram forte tendência.

Assim sendo, se quer ganhar dinheiro aposta em um nicho super politicamente correto e que está em alta, um brechó online pode ser o que procura. Confira como abrir um brechó online de sucesso!

Passo a passo para montar um brechó online

Quer montar seu brechó online e faturar alto em um segmento que vem crescendo muito nos últimos anos, e que promete crescer ainda mais? Então, continue lendo.

1 – Crie a estrutura do seu brechó 

Primeiramente, é preciso pensar em toda a estrutura de funcionamento de seu brechó online, desde o site em si, suas funcionalidades para vender online. 

Sem dúvida, é uma etapa que precisa ser bem analisada para você não começar com o pé errado.

Na verdade, um brechó online nada mais é que uma loja virtual de produtos usados, porém, é preciso definir que sistema de e-commerce você irá usar, já sabendo que hoje em dia existem soluções bem simples, baratas e eficientes para isso.

2 – Crie seu brechó online em um blog

Você já tem um blog? Ele está na plataforma do WordPress? Então, se anime, pois é possível montar o seu brechó online, com todos os recursos, como vitrine, página de detalhes e recebimento online através de boletos e cartões de crédito, utilizando o blog que você já possui

Sem dúvida, a solução mais barata de todas, só é preciso, claro, conhecer muito bem o funcionamento do WordPress para implementar essa solução, possível por meio de alguns plugins de e-commerce, que transformam o seu blog do WordPress em uma loja virtual.

E mais, a plataforma já facilita alguns layouts prontos para poder criar sua loja virtual do seu jeito.

3 – Crie seu brechó com uma plataforma de e-commerce

Mas, quem quer montar um brechó online sem gastar muito também pode usar uma plataforma de e-commerce, sistema para criação de lojas virtuais, alugada, que é feito contratando o direito de uso de um sistema de e-commerce já pronto, que irá funcionar como seu brechó online.

Uma vantagem é que esses sistemas alugados já vêm com todas as funcionalidades que você precisará para montar seu brechó online, e têm um custo muito baixo, a partir de R$ 80 ao mês.

Atualmente, existem muitos fornecedores de plataformas de e-commerce, basta  pesquisar qual é a mais adequada para o seu projeto.

4 – Estoque inicial

A parte que costuma ser mais complicada para quem começa a montar um brechó online costuma ser a formação do estoque inicial, existindo dois modelos de negócio, o primeiro é trabalhar com peças em consignação e o segundo é o da aquisição das peças a serem vendidas.

Quem está iniciando, e não conhece ainda as preferências das clientes, deve optar pelo sistema de consignação, no qual vai receber a mercadoria, vender e ficar com um percentual como forma de remuneração pelo trabalho.

Esse modelo traz ainda uma outra grande vantagem, que é não exigir um capital muito grande para a montagem do estoque inicial.

Sem dúvida, estamos em plena pandemia, e com a economia em crise, portanto, os juros estão bem altos, não sendo recomendável, portanto, ficar empatando muito capital, e acabar tendo que recorrer a empréstimos bancários.

Mas, claro, sempre existe a opção de comprar os itens para formar um estoque inicial, o que só valerá a pena se tiver certeza absoluta que conseguirá vender rápido e com uma boa margem de lucro, caso contrário, não vale a pena.

E não tem como não considerar o seu guarda-roupa e os de suas amigas e vizinhas, na hora de formar um estoque inicial. Afinal, que atire a primeira botinha quem nunca comprou algo e se arrependeu, e agora ele está lá ocupando espaço no armário… já pensou se livrar dele e ganhar um dinheirinho com isso?

5 – Modelo de negócio

Também é fundamental determinar desde cedo o modelo de negócio que irá adotar, para poder posteriormente, criar as regras do seu brechó.

Você pode criar um brechó que trabalhe, exclusivamente, com peças suas ou captadas por você, em um sistema fechado. Nesse caso, como todas as peças pertencem ou estão em consignação com você, o controle é absoluto e o lucro é só seu.

Há também a opção de trabalhar apenas com peças de outras pessoas, as quais usarão o seu espaço na Internet para expor e vender suas mercadorias, num formato comercial que chamamos de Market Place.

Nesse caso, você será apenas a intermediária dos negócios, ficando com uma comissão sobre as peças que forem vendidas.

E há ainda a opção de um modelo de negócio híbrido, no qual você venderá peças suas mas, também, poderá oferecer espaço para outras pessoas venderem através do seu site, o que é algo bem mais complexo de administrar.

6 – Divulgação do brechó online

E, claro, por fim, mas nem por isso menos importante vem a divulgação que, afinal, é a alma do negócio. 

Sem dúvida, a forma mais eficaz e econômica atualmente, quando o assunto é divulgação, ou seja, o marketing, é através das redes sociais, como Facebook, Instagram e TikTok.

Mas, claro, é preciso investir em postagens bem bacanas, e conteúdo relevante, não apenas usar o espaço como um balcão de negócio. É preciso conquistar o público.

Uma dica é aproveitar para investir em impulsionamento de suas publicações, levando os internautas à sua e-commerce, ou sua página inicial da rede social. Esse tipo de função, oferecida pelo Facebook e Instagram, de impulsionar, é bem baratinha, além de permitir que você estipule o valor, e garantir, realmente, um alcance muito grande.

Sem dúvida, esse é o tipo de negócio que só tende a crescer e, se seguir as dicas aqui apresentadas, certamente, vai ter muito sucesso com seu brechó online.

Você quer aprender a trabalhar Home Office?

Receba os melhores conteúdos sobre Renda Extra, Dicas para Economizar, Empreendedorismo, Marketing e muito mais, diretamente em seu e-mail.

Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no twitter
Twitter
Mariano Stacieski

Mariano Stacieski

Olá! Sou o Mariano, Empreendedor, Administrador, Corretor de Imóveis (fui) e Profissional de Marketing. Trabalho em tempo integral em casa (home-office) ajudando meus clientes a se posicionarem de forma profissional na internet. Fiz esse blog aqui porque gosto de compartilhar minha jornada e minhas ideias referentes a finanças, empreendedorismo e marketing.

Deixe um comentário

Sobre Mim

1798079_10152603160913916_647557915_n - Copia
Olá! Sou o Mariano, Empreendedor, Administrador, Corretor de Imóveis (fui) e Profissional de Marketing. Trabalho em tempo integral em casa (home-office) ajudando meus clientes a se posicionarem de forma profissional na internet. Fiz esse blog aqui porque gosto de compartilhar minha jornada e minhas ideias referentes a finanças, empreendedorismo e marketing. Quando não estou trabalhando, estou com minha esposa ou correndo ou jogando tênis ou escrevendo no meu outro blog ocaradohomeoffice.com.br ou aqui.

Últimos Posts

Conteúdo Recente

cosmeticos-

Como Ganhar Dinheiro Vendendo Cosméticos

Está desempregada? Gosta de cosméticos? Já pensou em ganhar dinheiro vendendo cosméticos? Pois saiba que tem muita gente conseguindo uma boa renda só com a …

Continue Lendo →
boticário

Como ser uma Revendedora do Boticário e Ganhar Dinheiro

Está sem trabalho e a grana está curta? Já pensou em pegar algum produto para revender? E se esse produto fosse de O Boticário? Se …

Continue Lendo →